Home Ciências naturais e física Como o Sindico é Avaliado

Como o Sindico é Avaliado

by crigus

Quais são os comportamentos do sindico mais valorizados pela comunidade de um condomínio e pelo mercado condominial? O melhor que podemos fazer primeiramente é observar.

Observar os síndicos de sucesso, os síndicos de referencia e aqueles que perduram por longos anos em suas gestões. Alguns podem dizer, mas muitos síndicos ficam muito tempo no cargo pela omissão da maioria, tal afirmativa é verdade, mas ninguém fica tanto tempo a frente de uma gestão apenas por omissão dos condôminos, existem virtudes implícitas com certeza.

Como eles se comportam? Como conquistaram a confiança dos condôminos? Como reagem as pressões diárias? Todas essas perguntas precisam ser respondidas, pois elas são fundamentais para sua avaliação como sindico.

Todos os condomínios têm públicos diferentes, culturas e particularidades distintas, portanto os primeiros meses do sindico em primeiro lugar é necessário: ouvir, aprender a se adaptar, e entender como a comunidade reage as ações administrativas por ele implementadas.

Faça como um cliente bancário: deposite, aplique e depois obtenha rentabilidade. Assim deve ser o procedimento para que o sindico possa ser avaliado. Deposite credibilidade, honrando os pagamentos em dia, pratique o estrito cumprimento da convenção e do regimento interno, não abra exceções aos inadimplentes, aplique métodos inteligentes de gestão, de relação interpessoal com colaboradores e condôminos, assim os resultados serão sempre satisfatórios.

Praticar o bom senso é muito importante na fase inicial de uma gestão. Como exemplo, podemos citar as aplicações de multas. É de bom tom, que o gestor condominial avalie criteriosamente a aplicação de uma multa ao condômino. Muitas penalidades são aplicadas sem comprovação incontroversa da infração, sem qualquer fundamentação jurídica, e muitas apenas impostas por implicância do sindico com o condômino.

Comportamento positivo e pró-ativo gera resultado favorável, é quase matemático. A forma como se portar em público, como conduzir a gestão administrativa, financeira e de relacionamento com os condôminos e com os colaboradores será decisiva.

Nas reuniões informais com conselheiros fiscais, ou em assembleias gerais, a postura firme do sindico, o  profissionalismo e a ética trará segurança aos interessados e potencializará os resultados de gestão. Agir nos termos da legislação, sempre pautando as propostas nos ditames da convenção, propondo sempre de forma ponderada e nunca impondo nada, são diferenciais importantíssimos.

Outro fator extraordinário para avaliação do sindico é a aplicação da inteligência emocional nas relações condominiais. Essa técnica se bem aplicada e desenvolvida, certamente levará os condôminos a poderem  concluir e avaliar: será que podemos realmente confiar neste sindico? Tudo vai depender da inteligência emocional aplicada a cada caso e nas formas de postura administrativa da gestão. Clareza, transparência e honestidade também são pré-requisitos que sedimentam as futuras pretensões do sindico na gestão condominial.

 Portanto síndicos: querem ser bem avaliados? Primeiro observe, seja pontual, entenda as particularidades do condomínio, seja profissional no cumprimento das normas, controle suas emoções e seja transparente e honesto, esta é a formula!

Você também pode gostar

Deixe um comentário