Home Matemática e lógica As 8 Dicas para realizar um Mutirão de Recuperação de Inadimplência de Sucesso!

As 8 Dicas para realizar um Mutirão de Recuperação de Inadimplência de Sucesso!

by crigus

É sabido que a inadimplência é uma das principais dificuldades enfrentadas pelos síndicos nos condomínios. A conjuntura econômica, e o desem­prego que já chega a 8% na media nacional, são alguns fatores que causam inadimplência nos condo­mínios.

    Apesar de todas estas nuances que contribuem para o aumento da inadimplência, a criatividade deve ser cogitada pelos síndicos a fim de evitar que esta situação se agra­ve cada vez mais.

Não é novidade para ninguém que o trabalho de combate dos débitos condominiais não pode esmorecer de forma alguma. A intensa atividade de cobrança por empresa especializada e a aborda­gem mais próxima aos devedores com o intuito de trazer esta receita difusa, precisa ser constante para se obter êxito nos resultados de re­cuperação dos recursos financeiros que estão em posse destes condô­minos, e deveriam estar no caixa do condomínio.

    Apesar da maioria dos síndi­cos serem sabedores deste famoso “mantra”, ou seja: “se não cobrar não vai receber” não praticam. Muitos reclamam dos índices cres­centes das inadimplências, que al­guns condôminos trocam de carro, compram belas e modernas Tvs mas efetivamente não fazem ou não tomam nenhuma atitude pró-ativa no sentido de so­lucionar a situação. Uma das atitudes pró-ativas mais eficientes para o efetivo combate da inadimplência condo­minial é o mutirão de recebimento das inadimplências. Este mutirão deve ser realizado semestralmen­te, ou sempre que necessário for, com aqueles devedores que real­mente não aderem às campanhas de arrecadação promovidas pelo condomínio. Alguns síndicos não acreditam nos mutirões, mas sem enganam redondamente quanto aos seus resultados práticos. Se bem planejado, elaborado com cautela e preventivamente respeitar os limites estabelecidos pela convenção quanto a aplicação das sanções previstas os resultados são até surpreendentes.

    Um dos ingredientes mais importantes para o sucesso desta modalidade de cobrança alternati­va são as condições de pagamento adequadas ao devedor, permitindo que, o negociador inadimplente efetive o acordo dentro das suas possibilidades financeiras de adim­plir.

    Não adianta o condomínio, for­matar um acordo que atenda apenas as condições do síndico sem pensar na possibilidade de pagamento do devedor. Muitos inadimplentes fa­zem os acordos cientes de que não vão cumprir apenas para ganhar tempo.

    O objetivo do mutirão de inadimplência é resolver as pen­dências daqueles condôminos que restaram da cobrança mensal, ou que não apareceram nas convoca­ções e notificações enviadas.

    Evidentemente que, não se pode neste mutirão oferecer des­contos de multas, juros ou correção monetária, pois além de beneficiar o infrator, também abre um peri­goso precedente. Imagine aquele condômino, que pediu um emprés­timo no banco, ou a um parente próximo, pagou todos os acrésci­mos legais e descobre que um vizi­nho não pagou nada ou obteve um “descontasso” como ele vai reagir?

    Este risco o sindico não pode correr. Conceder melhores condi­ções de parcelamento, aumentar os prazos de pagamento, criar um acordo com parcelas variáveis são opções válidas, mas descontos po­dem trazer grandes dissabores ao gestor.

    Existem casos de condôminos que souberam da concessão destes descontos e ajuizaram ação pedin­do o mesmo beneficio, pois não há qualquer diferença entre ambos, e ganharam o direito de receber a di­ferença paga a maior atualizada e ainda em dobro.

    Os mutirões devem criar faci­lidades e não dificuldades para o condomínio. Seu objetivo principal é trazer de volta os recursos finan­ceiros, objetivando a diminuição da inadimplência, e a conservação de índices aceitáveis de inadim­plência, e que não comprometam as contas do condomínio.

    Portanto uma excelente al­ternativa para coibir e reduzir a inadimplência é a aplicação do mutirão de inadimplência de forma periódica e planejada.

Seguem a seguir dicas para planejar e obter sucesso no muti­rão de recuperação de inadimplên­cia:

1- Respeitar as determina­ções da Convenção quanto às sanções aplicáveis;

2 – Informar por meio de avi­sos no condomínio previa­mente as datas do mutirão;

3 – Alertar sobre as vanta­gens e condições especiais do mutirão que evitarão uma futura ação judicial;

4 – Procurar um local reser­vado para negociação, evi­tando não expor o devedor;

5 – Não conceder descontos ou facilidades diferencia­das;

6 – Compor um acordo den­tro das condições de paga­mento do devedor;

7 – Fazer um termo de acor­do bem elaborado e por es­crito com testemunhas;

8 – Garantir o pagamento do acordo firmado juntamente com a taxa mensal atual.

    Se ao mesmo tempo o sindico conseguir reduzir a inadimplência passada com os mutirões, e conter a inadim­plência futura com medidas jurídicas preventivas o suces­so da gestão estará garantido.

Você também pode gostar

Deixe um comentário